Você está aqui
Home > Pesados > Ministério dos Transportes Alemão Em Sintonia Com Estratégia de Gás Natural da Iveco

Ministério dos Transportes Alemão Em Sintonia Com Estratégia de Gás Natural da Iveco

 

 

O Ministério Alemão dos Transportes e Infraestruturas Digitais (BMVI) publicou a sua “iniciativa para um transporte por estrada que respeite o meio ambiente”, estudo que pretende alcançar o objetivo de reduzir as emissões globais de gases de efeito de estufa em 95% até 2050 e as emissões procedentes do transporte até 42% em 2030. Alcançar esta meta requer uma descarbonização quase completa da indústria dos transportes.

A estratégia do BMVI centra-se nos veículos pesados, considerando ser viável a utilização de gás natural, pilhas de combustível de hidrogénio e combustíveis líquidos baseados em eletricidade, como forma de assegurar um transporte sustentável.

Este objetivo coincide de forma muito objetiva com o da Iveco, que considera o gás natural liquefeito a melhor solução aplicável a curto prazo para os transportes de longo curso. A marca de Turim é a única que oferece uma gama completa de modelos a gás natural, com três famílias de motores com potências entre os 136 e os 400 cv e produtos entre as 3,5 e as 4,0 toneladas, sejam eles comerciais ligeiros ou veículos pesados para transporte de longo curso, ou ainda autocarros.

O modelo topo de game entre os pesados, que melhor se enquadra no estudo do BMVI, é o Stralis NP, o primeiro camião a gás natural desenhado especificamente para o transporte de longo curso, com uma autonomia garantida de até 1.500 km, graças a um motor eficiente e a dois depósitos de LNG com 400 kg. O Stralis incorpora a tecnologia de gás natural da Iveco e pode rodar tanto com CNG como com LNG.

Com mais de 22.000 unidades vendidas, a Iveco é o líder absoluto do mercado de veículos comerciais alimentados a gás natural

Foto: Oficial/Iveco

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top